Child pages
  • Sistema de Controle de Acesso da Petrobras
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Os sistemas da Logistica estão aptos a usar o Sistema de Controle de Acesso da Petrobras.

Cada sistema deve requisitar a TI-Cenpes o cadastro do sistema no Controle de Acesso. A TI-Cenpes precisa enviar um formulário preenchido com os dados do projeto para o André, na Petrobras, responsável pela administração do sistema CA (andrel.moraes@petrobras.com.br).

Após o cadastramento, o André fornecerá as seguintes informações, que devem ser colocadas no arquivo de propriedades do servidor (config.properties):

  • O código do sistema (ex: SBB)
  • Os códigos dos ambientes (ex: DESE, HOMO e PROD)
  • As senhas em cada ambiente

Abaixo um exemplo das propriedades configuradas para o Bandeira Brasil.

#-----------------------------------------------
# Propriedades do Sistema de Controle de Acesso
#-----------------------------------------------
AccessControl.systemCode = SBB
# -- Ambiente de Desenvolvimento --
AccessControl.environmentCode = DESE
AccessControl.password = xxxxx
#-- Ambiente de Homologação --
#AccessControl.environmentCode = HOMO
#AccessControl.password = yyyyyy
#-- Ambiente de Produção --
#AccessControl.environmentCode = PROD
#AccessControl.password = zzzzzz

Notem que apenas um ambiente e uma senha ficam válidas. As outras estão comentadas apenas para documentação.

Tanto o ambiente como a senha podem ser passadas por linha de comando na instalação do servidor mas isso fica sendo uma opção de instalação da Petrobras. Para passar por linha de comando as opções são:

-CAenv, para a propriedade AccessControl.environmentCode e
-CApassword, para a propriedade AccessControl.password

Uma outra mudança a ser feita nos projetos é a alteração do runserver e runserver.bat para incluir as novas libs no classpath do servidor, que são:

  • dom4j-1.6.1.jar
  • saxpath.jar
  • jaxen-1.1.1.jar
  • novell-ldap.jar
  • InterfaceCAv3-3.09.02.02.jar

Exemplo do runserver Bandeira:

java -server -classpath bandeirabr_server_main.jar:logistic_server_actions.jar:ojdbc14.jar:nls_charset12.zip:logistic_server_main.jar:mail.jar:activation.jar:ldap.jar:jline.jar:javautils.jar:dom4j-1.6.1.jar:saxpath.jar:jaxen-1.1.1.jar:novell:ldap.jar:InterfaceCAv3-3.09.02.02.jar bandeirabr.server.kernel.BandeiraBRServer -RMIport "$@" &

Ao gerar o arquivo jar de distribuição do servidor, o sistema deve embutir dentro desse arquivo o xml que foi enviado pela TI: ConfigInterfaceCA.xml. Como esse xml é comum para todos os sistemas da Logistica, ele está disponível no svn do próprio framework e o procedimento de build (common_build.xml) dos projetos da logistica já se encarrega de empacotá-lo junto com o jar do servidor. Esse procedimento de embutir o xml dentro do jar foi uma solicitação da própria TI, nos emails trocados na época da implantação.

    <!-- ===================================================================== -->
    <!-- jarCA: Coloca no jar o arquivo ConfigInterfaceCA.xml                  -->
    <!-- ===================================================================== -->
    <target name="jarCA" description="Coloca no jar o arquivo ConfigInterfaceCA.xml" 
        if="file.ca.xml.present">
        <jar destfile="${dist.server.dir}/${server.main}" update="true" filesonly="true">
            <fileset file="${file.ca.xml}" />
        </jar>
    </target>
  • No labels